Descubra o segredo da produtividade!

Peter Drucker disse certa vez: Nada é menos produtivo do que tornar eficiente algo que nem deveria ser feito.

Muitas pessoas pecam na produtividade, pois desconhecem algo que os administradores chamam de organização, sistemas e métodos, além de um controle emocional mal desenvolvido. Ambos temas individuais e intransferíveis. Se alguém te falou que o grande problema de produtividade são as redes sociais, peço para reavaliar sua opinião sobre o que te falaram, afinal as redes sociais, assim como vários outros aplicativos e dispositivos tecnológicos podem tanto te atrasar quanto te ajudar, o que define é sua atitude de como usar as ferramentas. O mal uso pode te jogar naquela preguiça eterna ou em uma correria absurda e isso, sim, tem consequências emocionais terríveis. É como tentar tirar um parafuso Philips com uma chave Allen.

Certa vez tive que decorar um discurso de um dia para o outro, pois tinha que apresentá-lo no outro dia. Foi difícil, tive que gastar uma tremenda energia para fazer bem meu trabalho. Mesmo tudo tendo dado certo naquela ocasião, percebi que após algumas poucas semanas eu não sabia mais o texto. Lembrava vagamente de algumas frases soltas e palavras que estavam presentes. Comecei a refletir o porquê disso acontecer, já que a música Faroeste de Caboclo ainda saía de cabo a rabo depois de anos que eu a havia decorado. A resposta pode parecer óbvia, mas não é óbvio o porquê de muitas vezes não levarmos esses insights para a vida afora. É bem mais fácil decorar uma música devagarinho durante várias semanas e meses do que tirar uma tarde de domingo para tentar decorá-la de uma vez só. Parece que o resultado é o mesmo, mas não é. Se você quer saber qual é a semente que te leva à produtividade continue lendo!

faroeste
Cena do filme “Faroeste de Caboclo”

A formidável letra da música de Renato Russo foi decorada e cantada por vezes e vezes a fio na minha adolescência. Mesmo quando já não era moda e por ter se tornado um clássico, sempre era tocada na roda de violão e assim mais uma vez reforçava aquela memória. “Todo dia” a gente cantava um pouco, “todo dia” era ressoada enquanto eu caminhava para o colégio… Não havia uma festinha sequer sem que ela tocasse nos finalmentes.


“Mas Rogério Braga, o que isso tem a ver com produtividade?”

Não há dúvidas que o recurso que temos de hiperfoco em uma tarefa é eficaz. Podemos e devemos utilizar desse recurso quando há uma necessidade, mas fica evidente que a memória de longo prazo, que é a utilizada nessas tarefas é aplicada com menos custo aumentando assim sua produtividade. Após aquele trabalho, tirei cinco minutos todos os dias durante algumas semanas (somente cinco minutos!) para redecorar aquele texto e um outro que eu ainda não havia tido contato. Resultado: está difícil é de esquecer agora! Você sabe muito bem do que estou falando. Quem tem mais de 25 até hoje possui alguns telefones que nem existem mais decorados, de tantas vezes que ele foi discado. Reforço aqui para a galera mais nova para saber que funciona! hahah

Mas aí vem a reflexão mais importante: e se decorar essas informações fossem base para um outro tipo de conhecimento mais complexo que viesse posteriormente, não seria muito melhor para mim? Uma analogia utilizando a galera da saúde, é como a Ju Rocha, que em sua profissão de educadora física, teve que entender todo o Ciclo de Krebs para somente então entender o mapa metabólico por completo!

Você já pode ter chegado onde quero chegar e estar se perguntando, por que não fazemos isso com nossos estudos? Com nosso trabalho? Por que não treinamos incansavelmente todo o dia somente um pouco sem extrapolar os limites de nosso corpo, onde não haja desperdício de energia?

O brasileiro geralmente em sua cultura do deixar para última hora está exatamente cultivando hábitos de improdutividade. Já falamos aqui sobre foco, já falamos aqui sobre sermos mais rápido sendo lentos, e mesmo assim temos a tal tendência mórbida de nos entregar a preguiça e/ou a correria. ATENÇÃO! Muitas vezes é a preguiça que nos leva a correria. Aqui sim, você pode considerar aquela procrastinação nas redes sociais te empurrando para o caos. Ela não é a culpada, mas o mal uso das redes sociais, como eu disse lá atrás, te prejudica sim!

Há muitas pessoas que levam esse comportamento a tal extremo que confundem ocupação com produção, e estão sempre muito ocupados. Você pode estar se identificando nesse momento ou pensando em alguém muito próximo.

coelho
No livro “As Aventuras de Alice no País das Maravilhas” ele aparece logo no início, dizendo “Ai, ai! Ai, ai! .. Vou chegar atrasado demais!”

Então o que devo fazer para mudar os meus padrões e ter mais produtividade?

Assim como eu disse no texto Masturbação Mental, não estou aqui para te dar uma lista de como fazer! Aquelas dez coisas para se aumentar a produtividade! Se você está procurando um site que te dê tudo pronto e que não te faça pensar, recheados de gatilhos mentais prontos para te deixar no mesmo lugar onde você estava, você está no site errado! A proposta do Incansavelmente é outra, é crescer de verdade. Então, perceber como no seu dia a dia você irá aplicar esse insight é responsabilidade sua. Estou aqui para mostrar que essa atitude de economizar energia para ser produtivo é muito sábia, já notou que quando você deixa acumular a louça na pia da cozinha, você gasta muito mais energia para lavar tudo de uma vez do que se você tivesse lavado somente aquele pouco que sujou logo após cada refeição? Isso acontece também com os estudos ou trabalho, ora! 😆

Sério que depois de tudo que conversamos você vai deixar para estudar tudo na véspera da prova? Ou fazer aquela apresentação para seu chefe na noite anterior? Ok, você pode fazer isso. Pode parecer mais prazeroso aproveitar uns minutos a mais no Facebook, mas se você realmente busca atitudes assertivas, você sabe exatamente onde vai chegar. Você pode passar de ano, mas em poucas semanas após as provas, você consegue se lembrar do que estudou? E aquele conhecimento fundamental que você precisaria para aprender um conteúdo que vem a seguir e mais complexo, você não tem mais. Aprendeu só para a prova! Pense um pouco e conclua por si mesmo ou refute o argumento a seguir se puder: a medida que o tempo passa e conhecimentos começam a se tornar pré-requisitos, estudar de véspera será tão dispendioso que você irá FALHAR!

Sobre quais fundamentos você tem colocado seu conhecimento?

Então me diz aí agora, onde você pode aplicar esses conceitos em sua vida? Dentro de casa… No trabalho… Você tem todos os recursos que precisa para mudar de vida e ser mais produtivo. E se não tiver os recursos, você pode criá-los agora mesmo!

Você é daqueles que defende a educação do país? Você quase baba ao defender a sua visão política do país? Talvez nem tanto, talvez você seja mais um espectador, mas uma coisa eu tenho certeza, se você está até agora lendo é porque você se importa consigo, é porque você se importa com seu ambiente, com sua família. Tenho certeza que assim como eu você ama esse lugar chamado Brasil. Portanto, de hoje em diante, antes de culpar o congresso, você que é parte dessa nação, pergunte-se todo dia que tipo de hábitos você está cultivando. Pode parecer pequeno, mas esses pequenos detalhes do dia a dia, vão fazer diferença nos seus resultados e na formação das próximas gerações de seu ambiente. Ao redor dessas gerações futuras, cada vez mais um país mais eficiente estará se formando. Afinal, criatividade a gente já tem de sobra! Então crie seus hábitos produtivos! Lembra? É individual, intransferível e mais: é a parte de um país.

“Se eu tivesse oito horas para derrubar uma árvore, passaria seis afiando meu machado.”
Abraham Lincoln

bandeira

Então, modelemos o ex-presidente americano e vamos afiar nosso machado! A dica de hoje é: antes de dormir, tome as decisões da manhã seguinte, já escolha o que vai comer, o que vai vestir, a ordem que vai fazer as coisas, o que tem que pegar antes de sair e experimente fazer tudo com um pouco mais de lentidão, porém assertividade. Não deixe para depois! Afie seu machado! Não se assuste se ao fechar a porta de casa o relógio marcar alguns minutos a menos que o habitual!

Você tem bons hábitos de produtividade? Tem alguma dica? Compartilhe!

Um grande abraço!

Assinatura